Galeria

ESTUDO BÍBLICO SEMANAL – Jo. 8:32 – Amando e Vivendo a Verdade – 12 de maio de 2.012

AMANDO E VIVENDO A VERDADE – 12MAI12

JESUS VEIO PARA LIBERTAR-NOS DE TODO  ENGANO E  MENTIRA.”

JOÃO 8:32

32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

A) QUAL O POSICIONAMENTO DE DEUS COM RELAÇÃO À MENTIRA?

1) Deus proíbe a mentira:

Levítico: 19:11 – Não furtareis, nem mentireis, nem usareis de falsidade cada um com o seu próximo;

Colossenses 3:9Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos;

2) Deus abomina a mentira:

Pv. 6;16-19 – Seis coisas o Senhor aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos.

3) Deus não ouve orações de lábios mentirosos:

Is. 59:2,32 Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça. 3 Porque as vossas mãos estão contaminadas de sangue, e os vossos dedos, de iniquidade; os vossos lábios falam mentiras, e a vossa língua profere maldade.

4) O diabo é o pai da mentira

João 8:44 – Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.

B) QUAL O POSICIONAMENTO DOS SANTOS?

1) Temos que odiar a mentira

Prov. 13:5 – O justo aborrece a palavra de mentira, mas o perverso faz vergonha e se desonra.

2) Temos que evitá-la

Isaias 63:8 – Porque ele dizia: Certamente, eles são meu povo, filhos que não mentirão; e se lhes tornou o seu Salvador.

Sofonias 3:13 – Os restantes de Israel não cometerão iniqüidade, nem proferirão mentira, e na sua boca não se achará língua enganosa, porque serão apascentados, deitar-se-ão, e não haverá quem os espante.

3) Não respeitamos os mentirosos

Salmos 40:4 – Bem-aventurado o homem que põe no Senhor a sua confiança e não pende para os arrogantes, nem para os afeiçoados à mentira.

4) Oram para ser preservados da mentira:

Pv. 30:8 – afasta de mim a falsidade e a mentira; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; dá-me o pão que me for necessário;

C) QUAL A POSIÇÃO DOS ÍMPIOS?

1) Dados a mentira desde a infância:

Sl. 58:3 – Desviam-se os ímpios desde a sua concepção; nascem e já se desencaminham, proferindo mentiras.

2) Amam-na:

Sl. 52:3 – Amas o mal antes que o bem; preferes mentir a falar retamente.

3) Deleitam-se nela:

Sl. 62:4 –  Só pensam em derribá-lo da sua dignidade; na mentira se comprazem; de boca bendizem, porém no interior maldizem.

4) Buscam-na:

Sl. 4:2 –  Ó homens, até quando tornareis a minha glória em vexame, e amareis a vaidade, e buscareis a mentira?

5) Dão-lhe ouvidos:

Pv. 17:4 –  O malfazejo atenta para o lábio iníquo;  o mentiroso inclina os ouvidos para a língua mentirosa.

D) CONSEQUÊNCIAS DA MENTIRA:

1) A mentira conduz ao ódio – Pv. 26:28

2) Causa crimes grosseiros – Os. 4:1-2

3) Os mentirosos serão lançados no inferno – Ap. 21:8 – Sl. 5:6 – Pv. 19:5

E) EXEMPLO DE MENTIROSOS:

1) O diabo – Gn; 3:4

2) Caim – Gn. 4:9

3) os irmãos de José – Gn. 37:31-32

4) Saul – I Sm. 15:13

5) Pedro – Mt. 26:72

6) Ananias e Safira – At. 5:4-5

F) FOMOS CHAMADOS PARA UMA VIDA SANTA, POR ISSO PRECISAMOS:

1) Renovar nossa mente – Ef. 4:23

2) Vigiarmos e orarmos – Mt. 26:41 e Mc. 13:33

3) Fugirmos de toda aparência do mal –  I Tes. 5:22

4) Eliminar-nos a mentira dos nossos lábios – Sl. 31:18;  Sl. 120:2; I Pe. 3:10

5) Santificar-nos com a verdade – Jo. 17:17-19

6) Amarmos e vivermos a verdade – Zc. 8:16 – Jo.14:6

CONCLUSÃO: A MENTIRA MUITAS VEZES VEM COM APARÊNCIA DE “VERDADE”, MAS O FIM DELA É MORTE.

Qualquer palavra apresentada por homens como verdade, precisa ser observada na luz da Palavra de Deus. Aquilo que é verdade não contradiz a VERDADE SUPREMA – A Bíblia sagrada.

Fonte: “Jesus, o Maior psicólogo que já existiu” – MARK W. BAKER

COMO CONHECEMOS A VERDADE

Eu sou o caminho, a verdade e a vida.” João 14.6

Jesus sabiá que as pessoas jamais poderiam entender completamente a vida se usassem apenas o intelecto. Ele não dizia: “Vou ensinar a vocês o que é a verdade?’ Ele dizia: “Eu sou a verdade.”  Ele sabia que a mais elevada forma de conhecimento decorre dos relacionamentos em que existe confiança mútua, e não de grandes quantidades de informação. Jesus respondia às perguntas diretas com metáforas para atrair as pessoas para um diálogo e um relacionamento com ele.

Este princípio espiritual, que aprendemos as verdades mais profundas da vida através dos nossos relacionamentos, é a base da  forma como eu pratico a auto-análise dos meus conceitos. Todos temos idéias conscientes e inconscientes  que afetam a maneira como percebemos o mundo. É psicologicamente impossível colocar completamente de lado a influência da nossa mente sobre a maneira como percebemos as coisas, sobretudo porque na maioria das vezes não temos consciência de que tudo o que conhecemos intelectualmente passa pelo filtro das nossas crenças. A auto-análise proporciona às pessoas um relacionamento que podem levá-las a se conhecerem melhor, descobrindo, assim, as outras es da sua vida.

PRINCÍPIO ESPIRITUAL: Aprendemos as verdades mais profundas através dos nossos relacionamentos.

A VERDADE NÃO É RELATIVA

“Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não; pois o que passa daí, vem do Maligno.”   – Mateus 5:37

Acreditar que a verdade é relativa e que nada realmente importa é exatamente o oposto do que Jesus ensinou. Mas tudo é importante. O que ocorre é que, apesar de a verdade ser absoluta, nós a percebemos de forma relativa. Foi por isso que Jesus disse: “Eu sou a Verdade” (João 14:6). Ele sabia que não compreendemos objetivamente as verdades mais profundas da vida; nós nos aproximamos delas. Sempre interpretamos o que percebemos, o que significa que nunca somos realmente objetivos a respeito de nada.

Acreditar que a verdade é relativa significa afirmar que não existe uma verdade objetiva, de modo que cada um pode fazer o que quiser. Jesus ensinava a fazer o nosso “sim um sim” porque queria que fôssemos pessoas de convicção.

PRINCÍPIO ESPIRITUAL: Acreditem na verdade com convicção; aproximem-se dela com humildade.

Toda honra, toda glória, seja dada somente a Ele, Jesus Cristo!

Deus nos abençoe e nos dê Paz!

 Pr. Davidson Freitas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.